COLUNAS | Preciso dos teus lábios » JOVEM HITS
28-10-2015 » Do calor 22-10-2015 » É conspiração do destino, amor 22-10-2015 » Vem fazer festa no meu quintal 22-10-2015 » Detalhes da vida 22-10-2015 » Parece que você esteve aqui 22-10-2015 » Resquícios de nós dois 22-10-2015 » Preciso dos teus lábios 22-10-2015 » Vamos ver o por do sol? 22-10-2015 » A dor da despedida 22-10-2015 » Apenas preciso de você
11350537_689109237883025_6194709687567359507_n
22 de outubro de 2015

Preciso dos teus lábios

Vontade de morder agora os teus lábios!

É noite de sábado e onde está você que não aparece aqui no meu quarto pra me envolver no delírio dos teus beijos? Onde está os teus olhos que neste instante não se encontram com os meus? Tuas mãos que não afagam meu rosto? Tua respiração ofegante a aumentar os meus batimentos?

Deve estar por aí. Deve estar em algum lugar à procura do meu endereço. Ou na pior das hipóteses, deve estar em outros braços, experimentando novos abraços. Mas sei: nenhum será como os nossos. Nem os meus, nem os teus, mas sim os nossos braços se entrelaçando e fazendo o encontro destes nossos corações apaixonados.

Essa experiência que ocorre ao nos vermos é única. Eu sei.

Poderíamos experimentar novos lábios. Mas eu não encontraria outros tão carnudos e tão bem desenhados como os teus. Nem o sabor inconfundível do teu beijo. Nem a sensação gostosa da minha barba roçando pelo teu pescoço seria a mesma: faltaria teu cheiro, não existiria a tua pele, não haveria tuas curvas. Sentimos falta um do outro.

Então pare de fazer manhã, de bagunçar a distância a minha vida. Chega pra perto. Mete o pé na minha porta, invade a minha solidão com teu sorriso e espanta o frio pra longe. Na Cidade “Quero Você” é só procurar o Bairro “Perto de Mim” e a Rua “Pra Matar Minha Saudade”. Viu, é muito fácil. Vem logo, não te erro.

Vem! Quero passear pelo teu corpo, te provocar arrepios. Embalar nos movimentos do teu corpo, dançar a nossa música, eternizar o momento, transformar os segundos em horas, fazer o tempo parar. Parar par ver a gente se amar em nossa cama.

Vem…

Vem…

V..e..m…